Pesquisar Search

quinta-feira, 8 de março de 2012

Muda o pessoal da biblioteca escolar, o que é que muda na escola?

Um estudo fresquinho (EUA 2012), a ler com atenção. Uma das conclusões:
For the time being, what we know from this study and its predecessors is that the research on school librarians and their association with students’ test scores is remarkably consistent in its findings: regardless of how rich or poor a community is, students tend to perform better on reading tests where, and when, their library programs are in the hands of endorsed librarians. Furthermore, at schools where library programs gain or maintain an endorsed librarian when school budgets get tight, students tend to excel. At schools where library programs lose or never had an endorsed librarian, students suffer as a result.
www.lrs.org/documents/closer_look/CO4_2012_Closer_Look_Report.pdf

Acedido José Afonso Furtado

Dia Internacional da Mulher 20912: ainda e sempre, Educação



International Women's Day 2012: Let's mark it with a commitment to education | Glenys Kinnock and Jo Cox | Global development | guardian.co.uk

Os jovens, a informação e a internet : o papel dos educadores


"Há um combate a travar pelos professores/educadores, no coração da educação para os media: ensinar os jovens a ter sentido crítico relativamente ao que encontram na internet; fazê-los ter consciência de que é preciso saber triar os dados que se encontram.
As evoluções recentes do motor de busca mais usado, Google, que personaliza os resultados desde 2009 (armazenando os históricos dos internautas) e que acaba de aí incluir a informação proveniente da vossa rede social tornam isto cada vez mais indispensável.

Deparam-se assim com um triplo desafio:
- voltar a despertar a curiosidade, a vontade de procurar mais longe;
- destacar e fazer adquirir as bases do espírito crítico : seleccionar as informações, procurar, corrigir as eventuais contradições;
- fazê-los compreender que não se nasce a saber navegar (surfar) bem, a saber encontrar informações, tem de ser aprendido."

Primeiro de dois artigos publicados em Janeiro de 2008 (em francês no original)

presse à l'école » Les jeunes, l’information et Internet : un défi pour les enseignants