Pesquisar Search

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Uma cultura da informação para o universo digital

 
 
O capítulo sobre literacia é "refundador", salvo seja :). Uma bela forma de comemorar o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares.
Numa abordagem diferente do teor "tecnologista" de muitos textos sobre o tema, José Afonso Furtado revisita brevemente a história do conceito, aprofunda-o (incluindo a pertinente "fractura digital" tão presente no nosso quotidiano) e alerta para a pertinência da ética da informação.
Na apresentação, o livro foi vendido a 10 euros.
 
Reza assim a nota de imprensa (apenas adicionei algumas hiperligações):
 
“Uma Cultura da Informação para o Universo Digital” é o nome da nova obra do investigador que, actualmente, faz parte do conselho consultivo do projeto “Leitura Digital” promovido pela Fundação Calouste de Gulbenkian. É, também, docente do “Curso de Pós-Graduação em Edição – Livros e Novos Suportes Digitais” da Universidade Católica Portuguesa.
A obra é editada pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. A apresentação será realizada no El Corte Inglés no próximo dia 29 de outubro, por António Firmino da Costa.