Pesquisar Search

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

MOBILIZAÇÃO PELAS BIBLIOTECAS ESCOLARES EM SÃO PAULO (BRASIL)



No próximo dia 28/11, às 14h30min no plenário Tiradentes, localizado na  Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo - ALESP, será realizado a  audiência pública com a Secretária de Estado da Educação, organizado pela  Comissão de Educação da ALESP. A 21 e 22, mais de 200 profissionais juntaram-se falando das bibliotecas escolares no Brasil e noutros países, e a Agenda da Literacia da Informação/ALFIN está na boca de toda a gente. Em São Paulo, precisamente.
O CRB-8, por meio de sua Comissão de Educação e Biblioteca Escolar,  espera contar com a participação de Bibliotecários e Estudantes de  Biblioteconomia (e outros simpatizantes à causa) para pressionar o poder  público sobre a questão da Biblioteca e do Bibliotecário Escolar no ensino  público estadual.
Ler+  aqui

domingo, 12 de outubro de 2008

Novas Ferramentas, Antigas Missões

How libraries –in order to fulfill their mission and serve their constituents –should and can use videogames, such as consoles; interactive learning technology, such as clickers; and especially virtual reference or chat.

Ler mais em Consolas, clickers and chats (2008)
Contém muitas imagens sugestivas, que ajudam a provocar debate

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Hoje, Vila Franca de Xira, Portugal


Hoje estive a brincar com o blogue.
Também trabalhei numa escola a inventar uma actividade ALFIN com professores para trabalhar com crianças (10-12 anos).

Tema: sinais de trânsito.
Pesquisa: em livros, enciclopédias, na web, nas estantes da biblioteca, no catálogo da biblioteca
Parte dos alunos procurou sem guia (orientações promovendo a capacidade de clarificar o que pretendiam e seleccionar informação em fontes diversas), outros com orientações.
Contabilizaram o tempo que levaram até encontrar alguma informação que fosse pertinente (o que queriam encontrar) e útil (servisse para o trabalho que estão a fazer - simular uma rua ou cidade com sinais de trânsito, em maquete construída em cartolina). Compararam tempos.
Registaram as perguntas que iam fazendo e refazendo.
Leram tudo no fim, de trás (a última pergunta) para a frente (quando começaram - como diziam o que queriam nessa altura).
Sorrirm e disseram aquela palavra mágica: Ah! Já sei!

A web nem sempre ganhou, claro.
Mas aqui havia uma biblioteca organizada e bons documentos na colecção, para este tema. E tempo para estarmos juntos a pensar,e a olharmos uns para os outros. Tempo ponto zero.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Quantas coisas há num nome?

ALFINete2008


ALFIN
sigla utilizada em espanhol para Alfabetización Informacional
conceito vizinho de
Literacia de Informação (português)
Information Literacy (inglês)
Glossários de todo o mundo, uni-vos!

Nete
forma oral popular usada em Portugal para referir, de forma abreviada, a Internet (web)

ALFINete - fusão das duas


Traduzindo a ambiguidade da palavra final
  • Alfinete (português)
  • Alfiler (espanhol)
  • Pin (inglês) - também usado para identificar a password em certos casos
Campo semântico comum - objectos de grande utilidade e design apurado, de uso corrente, diário, sem exigir grande formação especial, mas que podem ser perigosos, em certos casos, por intencionalidade maldosa, desconhecimento ou falta de preparação.
Tal e qual como a web, será? Ou tal e qual como cada um de nós.

2008
Ano em que decorre o
Taller UNESCO de formación de formadores en competencias informacionales (Alfin)

que suscitou a tarefa de criar um blogue.
http://alfinete2008.blogspot.com

imagem de Como provar a utilidade da arquitectura,
Blog Arquitectura da Informação (14.08.2007)