Pesquisar Search

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Se o adulto quiser sobreviver uma ou duas gerações, conte histórias


Maravilhosa narrativa do António Torrado. Mestre é mestre! "A primeira vez que fui a uma biblioteca fui recebido por uma senhora de bata preta, que estava a fazer tricot, ao fundo..." Ah, quanto caminho andado.

Sem comentários: