Pesquisar Search

domingo, 2 de julho de 2017

Pela Paz, semana a semana, sempre



"Dizque", essa personagem que exagera, é um menos falado membro da família das "Fake News", e um vilão a quem convém estar atento.
O poder do boato é real, vive da credulidade do povo, refastela-se na fraca literacia, engorda com a ausência de pensamento crítico. E faz danos. Os boatos modernos já não usam tanto as vozes das vizinhas ou o rumor nas tabernas, estão por aí nos media, nas redes sociais, infiltrados ou descarados.
Como reza o lema da Unesco, assim vamos construindo a Paz nas mentes dos homens e das mulheres - é trabalho que nunca mais acaba, em toda a parte. Dz que é urgente? Neste caso, é verdade.
Ler mais sobre a Semana da Literacia da Informação e dos Media 2017 aqui:

Publicado também no Facebook e no Twitter - não se resiste aos fabulososos meios da ilusão da reprodução infinita, não é?

Sem comentários: